Hey guys! 💕 No vídeo de hoje iremos bater um papo sobre crianças bilíngues, um assunto bem bacana para você que tenha algum contato com crianças na família e deseja ensinar inglês. 😉

Sabemos que o inglês abre muitas portas no campo profissional e pessoal, e por isso o idioma se tornou algo indispensável e muitos pais ou parentes estão optando por inseri-lo na vida das crianças desde cedo, seja através de músicas, filmes e livros infantis em inglês, como também na própria alfabetização dentro de casa.

Isso é ótimo para a criança e também para quem está ensinando, pois ambos aprenderão o inglês e também conseguirão expandir o idioma. Muitos pais, tios e pessoas que tenham contato diário com alguma criança pode começar a incentivá-la a se comunicar e praticar o idioma.

Para começar, mesmo que você não seja fluente no inglês ou tenha um conhecimento básico, é bom começar a encorajar as crianças a terem um contato com o inglês desde cedo.

Sendo assim, te ensinarei duas técnicas e algumas dicas para que você comece a utilizar com suas crianças no dia a dia. Let’s do this! 😊

Foto: Shutterstock

1 – Designar um dos pais para falar o idioma

A primeira técnica é simples e proporcionará a criança o entendimento dos dois idiomas ao mesmo tempo, pois você poderá designar um dos pais para falar o português e o outro o inglês. Isso é super importante e terá que ser muito disciplinado, pois irá depender de vocês o contato da criança com o idioma.

Por exemplo, se vocês optarem e escolher que somente a mãe irá falar inglês com a criança, você deve orientar e instruir a criança de como e quando isso irá acontecer. Especifique para a criança que as suas perguntas e respostas deverão ser feitas em inglês, lembrando que a criança no começo poderá ter certas dificuldades e você deverá corrigi-la, mas sem deixá-la constrangida ou com medo de falar novamente.

É importante ter paciência e principalmente fazer tudo no ritmo da criança.

2 – Restringir o idioma estrangeiro em casa e o idioma local fora de casa

Nesta técnica o idioma será restringido para dentro de casa, mas ambos os pais poderão participar e isso dará a criança uma perspectiva diferente do idioma. Isso fará que a criança seja capaz de se comunicar dentro de casa com um idioma, e fora dela, com sua língua materna.

Por exemplo, dentro de casa toda a comunicação será feita somente em inglês e fora dela, será utilizado o português. Assim, os pais conseguirão explorar mais idioma com a criança no dia a dia, sem restringir quem falará com quem. Isso também irá permitir que todos dentro da casa pratiquem e aprendam o inglês.

É importante dizer que assim como na primeira técnica, os pais devem ser pacientes e devem ensinar a criança no seu tempo, pontuando-a de forma correta sem constranger ou deixar a criança com medo de falar ou se expressar.

Lembrando que é normal a criança misturar ou confundir os idiomas, por isso é importante que quem estiver ensinando consiga conciliar e instruir a criança a falar corretamente e auxiliar quando estiver algo errado.

Quando a criança faz a repetição e está imersa no idioma ela conseguirá interpretar e também questionar, responder e perguntar em inglês, fazendo com que ela tenha mais interesse pelo idioma e consiga aprimorá-lo. Cool, hun? 🙂

That’s it! 💖 Espero que você tenha gostado do conteúdo e comece a aplicá-lo com seus filhos, seus sobrinhos ou qualquer outra criança que você tenha contato! Tenho certeza de que ela irá te agradecer muito por ter se tornado bilíngue desde criança.

See you guys! Bye! 😘

Follow me on InstagramTwitter and Facebook!

close

conheça nossa metodologia!

Fale Inglês Fazendo o Oposto do que As Escolas Tradicionais Mandam